Info se reinventa na pandemia e compartilha bons resultados
29 de julho de 2020
Volta de empresas deve privilegiar sistema híbrido
29 de julho de 2020
Mulher na tecnologia é pauta do grupo feminino da Assespro-MG

É gratuito e online, inscreva-se!

O “papel da mulher na tecnologia” é assunto central do evento Mulher em Foco. O bate-papo do grupo feminino da Assespro-MG acontecerá no dia 11 de agosto, às 17h, com a participação especial de Samira Ferraz e Adriano Ventura.

Empresária com 12 anos de atuação no mercado de tecnologia, Samira marcou presença nos segmentos de transformação social, política, saúde e agronegócio.  É ainda idealizadora do curso Programando Sonhos Delas, e tornou-se embaixadora do projeto por sua trajetória como ativista da causa feminista.

Participa também do encontro online, o gestor na Diretoria de Inclusão Digital da Prodabel e idealizador do curso Programando Sonhos Delas. Adriano Ventura atua ainda como jornalista, radialista e professor na PUC.

Conduzido pela Prodabel, o projeto Programando Sonhos Delas busca diminuir a diferença de gênero existente no mercado de TI de Belo Horizonte. “Procuramos, constantemente, atingir mulheres com outros direcionamentos de vida e que vivem em áreas de vulnerabilidade da cidade, levando a tecnologia e a programação até elas. Atualmente, 2.000 mulheres fazem parte do projeto”, ressalta o Superintendente de Negócios da Prodabel, Thiago Rangel.

A iniciativa tem um grande engajamento com empresas, o que culminou em um número muito alto de contratações em pouco tempo com a Umbrella Institute.  Além de conectá-las com o mercado, o instituto propõe uma rede de auxílio para ensiná-las sobre empoderamento, um projeto criado por ELAS e para ELAS.

Há também alguns homens envolvidos no Programando Sonhos Delas, iniciativa que já levou três prêmios: As 100+ Inovadoras no Uso de TI 2019, 3º lugar no concurso World Smart Cities Award (Prêmio Mundial de Cidades Inteligentes) em Barcelona) e finalista no Prêmio SUCESU 2019.  “Nosso trabalho é mostrar que não só as mulheres devem abraçar a causa da igualdade de gênero, mas nós homens temos o dever de promover a igualdade o máximo possível”, enfatiza Thiago Rangel.

#Programando Sonhos Especiais – A Prodabel estrutura ainda o projeto Programando Sonhos Especiais, direcionado para a participação de autistas de alto rendimento (Síndrome de Asperger), Síndrome de Down e pessoas com outras deficiências (PCD’s). “Será uma quebra de barreiras e uma imersão em um mundo novo de tecnologia para esse público.”

Segundo Thiago Rangel, o Brasil conta com 40 mil postos de trabalho na área de tecnologia, mas não há pessoas capacitadas para ocupá-los. Somente, em Minas Gerais, há 4 mil vagas em aberto. “Falta capacitação profissional para este público. O ministério público tem, atualmente, um setor apenas para conectar empregadores e empregados PCD’s, entretanto, não consegue mão de obra suficiente”, exemplifica.

ASSOCIE-SE
Ajuda? Chat via WhatsApp