Governo Federal prorroga o prazo de recolhimento de contribuições sociais e amplia o diferimento do Simples Nacional
7 de abril de 2020
Inovação em pequenas empresas: um fator de sobrevivência
8 de abril de 2020
Info participa de debate sobre o mercado de gestão de frotas na crise

Por que é importante manter a gestão de uma locadora em tempos de crise? Como utilizar a tecnologia a favor do negócio e não voltar para a idade da pedra com a pandemia? Estas foram algumas das questões que nortearam o bate-papo mediado pelo fundador e CEO da Easy Carros, Fernando Saddi, que contou com a participação de especialistas em sistemas de gestão de frotas.

Líder, no Brasil, no fornecimento de soluções inovadoras para locadoras de veículos e gestão de frotas, a Infosistemas marcou presença na transmissão do talks, na última quinta-feira (02/04). Representada pelo seu CEO, Marcelo Almeida contribuiu para o debate ao compartilhar suas experiências à frente da empresa que completa 15 anos de trajetória.

Baseando-se no passado e nos dias atuais, Almeida fez uma análise das mudanças e diferenças do perfil dos donos das empresas. Segundo ele, de uma maneira geral, houve um grande amadurecimento dos empresários não só do setor de locação de veículos, mas do empreendedor de todo o Brasil. Ele acredita que no passado, o empresário tinha um perfil mais aventureiro, agia muito por feeling e, atualmente, tem utilizado técnicas e ferramentas de gestão de forma mais engajada e profissional.

No segmento de mobilidade, desde 1997, e atuando diretamente na Info em 2006, Almeida relembra que nesse período o mercado era monolítico, possuía menos players e, consequentemente, a concorrência era bem menor. Por outro lado, as tarifas eram mais altas, existia dificuldade para comprar um carro financiado, por exemplo.  “O que se construiu de lá para cá foi um grande ecossistema, com a participação de inúmeros parceiros do segmento de mobilidade. Criou-se um ecossistema que apesar de complexo, nos dias atuais, se encontra mais integrado e conectado”, enfatizou.

#Oportunidades – Entretanto, manter a mentalidade de gestão estratégica é um desafio durante a crise instaurada pelo Coronavírus. O CEO da Info acredita que são sempre, nos momentos de crise, que aparecem as oportunidades. Almeida afirma que é preciso ter a clareza de qual é a oportunidade e saber explorá-la, pois há muitos mercados surgindo com essa pandemia. “Obviamente, o transporte de cargas leves sempre existiu, mas está intensificado com o COVID-19. Da mesma forma o delivery, outro dia fiz um pedido via iFood, e a entrega não foi realizada por uma moto, mas por meio de um carro. O consumidor pode ter a sensação que a comida transportada por um automóvel é mais higienizada ao comparar com a entrega feita por uma moto. Além disso, provavelmente, o carro era de uma locadora e foi cedido ou negociado com um algum tipo de tarifa especial, ou seja, essa também é uma das saídas para veículos que estavam com os motoristas de aplicativos antes da pandemia”, ilustrou.

As demandas do segmento de saúde podem gerar oportunidades também para as empresas especializadas no mercado automotivo. Muitos profissionais das áreas da saúde e militar, que foram convocados para atuarem no combate do Coronavírus, terão que se locomover para o trabalho de carro, em virtude do acesso restrito ao transporte público. Sendo assim, o aluguel de carro por assinatura tende a crescer com essa medida.

Almeida pontua que as locadoras poderão explorar o aluguel mensal para pessoas físicas, com contratos com duração entre dois a três meses, a partir da cobrança de tarifas diferenciadas. Essa solução temporária irá atender ainda o público que está com receio de utilizar os serviços de transporte coletivo – ônibus ou metrô. Já aqueles que quiserem optar pela compra de veículos seminovos, os carros podem ser adquiridos com descontos consideráveis, já que muitas locadoras irão precisar de caixa em virtude da crise. “É preciso lembrar que uma crise prolongada pode demandar o serviço de escolta nas rodovias, sobretudo, no transporte de cargas de alimentos”, acrescentou.

#Futuro – As incertezas são inúmeras, nessa nova fase da economia, para todos os integrantes do ecossistema de mobilidade: montadoras, concessionárias e locadoras.  Almeida ressalta que ninguém tem uma bola de cristal para saber o que irá acontecer, nos próximos meses. Entretanto, ele garante que quem fizer uma gestão firme e austera terá mais chances de sair na frente.  “Nenhum negócio irá vingar, caso não tenha um bom sistema de gestão para extrair informações precisas e que dê suporte para a tomada de decisões corretas”, ponderou.

Assista a live na íntegra, acesse aqui!

ASSOCIE-SE
Ajuda? Chat via WhatsApp