Senado aprova projeto que cria linha de crédito para micro e pequenas empresas
27 de abril de 2020
Conheça a Estratégia do Governo Digital para o período de 2020 a 2022
29 de abril de 2020
Governo estuda ampliar para R$ 15 bilhões garantias para estimular empréstimos a médias empresas

Para estimular a concessão de crédito e fazer frente à pandemia do coronavírus , o governo estuda ampliar os recursos de fundos garantidores, entre eles o Fundo Garantidor de Investimentos (FGI).

Em reunião com representantes da indústria na quinta-feira (23/04), o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que os recursos do fundo poderão ser aumentados para cerca de R$ 15 bilhões. Esse tipo de fundo é usado como garantia por um tomador de empréstimo junto ao banco. Isso reduz o risco da operação, já que, se o tomador não pagar, o fundo cobre parte ou todo o pagamento devido.

No caso do FGI, a gestão é feita pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O fundo tem hoje cerca de R$ 1,2 bilhão e é usado como garantia em empréstimos principalmente para investimentos. Mas poderia receber novos aportes do Tesouro Nacional e financiar outras linhas de crédito em estudo pelo governo, como empréstimos para empresas médias, com faturamento entre R$ 10 milhões e R$ 360 milhões.

Fonte: O Estado de São Paulo

ASSOCIE-SE
Ajuda? Chat via WhatsApp