Share Button

O que os shoppings podem aprender com o e-commerce?

associado_group_softwareEm contrapartida à crise brasileira, o mercado de e-commerce no Brasil tem crescido durante os últimos anos. Em 2016, o aumento foi de 8% em relação à 2015. As previsões para este ano são de 15%, segundo levantamento feito pela Ebit.

O e-commerce surge como uma opção interessante, dinâmica, de baixo custo e que acompanha as novas necessidades e tendências do consumidor. Segundo pesquisa divulgada pela ATKearney Consultoria (https://goo.gl/nGXbMG), o internauta brasileiro passa mais tempo conectado à internet do que um cidadão de qualquer outro país. Ao todo, 51% dos entrevistados afirmaram estar conectados durante todo o dia. Outro fator favorável ao crescimento é o aumento do poder de compra das novas gerações: os jovens apresentam maior familiaridade com a internet e seus sistemas.

Segundo Michel Cutait, especialista em shopping centers e diretor executivo da “Make it Work: Shopping & Varejo”, o e-commerce é uma tendência a ser levada em consideração para os próximos anos pela área. Apesar de parecer uma ameaça ao varejo, o comércio online tem sido uma opção vantajosa. Seus pontos fracos podem ser, inclusive, explorados pelas lojas físicas e transformadas em um diferencial. Abaixo listamos algumas das vantagens da adoção do e-commerce pelos shopping centers.

Baixo custo

A implantação desse serviço não apresenta altos custos ao empreendedor. Ao contrário da loja física, o empresário economiza em gastos com estrutura, vendedores e outros serviços, correndo também riscos menores.

Concorrência

Uma desvantagem de empreendimentos exclusivamente online é a concorrência. Nesse meio há uma série de lojas vendendo os mesmos produtos e serviços e a dificuldade para a conquista do público é grande. Essa pode ser uma vantagem para as lojas físicas: elas já possuem seus clientes ali, e podem investir no marketing dentro de seus espaços, um diferencial na divulgação da versão online.

Flexibilidade e agilidade

Colocar uma loja em funcionamento no e-commerce é muito mais rápido e prático, uma vez que as compras são efetuadas de modo mais ágil e simples. Outra vantagem às lojas físicas é a sua expansão do espaço e tempo de seu funcionamento. As lojas online, além de estarem disponíveis ao consumidor no conforto de sua casa, ou no seu ambiente de trabalho, funcionam 24h por dia.

Verificação de métricas

Uma das vantagens competitivas do e-commerce é a disponibilidade de dados acerca do cliente. Isso permite oferecer um serviço super personalizado e que monitora muito bem as vendas. Shoppings também podem contar com essa tecnologia, especialmente investindo em uma gestão integrada. O cruzamento de dados como auditoria e financeiro é o que oferece ideias importantes para business intelligence.

Quer saber mais sobre tecnologia e gestão de shopping centers? Acompanhe o blog da Group Software: groupsoftware.com.br/conteudo/noticias/