Share Button

Assespro-MG e Fumsoft, uma só identidade

DestaquesFumsoft(Esta) A Assespro-MG, fundada em 1982, é a representante mineira da Assespro Nacional. Seu objetivo é representar e defender os interesses comuns, fomentar o desenvolvimento de negócios e criar meios para fortalecer as empresas de TI de Minas Gerais.

A Fumsoft é uma Instituição Científica e Tecnológica, sem fins lucrativos, que desde 1992, trabalha para induzir o desenvolvimento da cadeia produtiva da TI em Minas. Como uma associação empresarial, a entidade desenvolve programas nas áreas de empreendedorismo com a incubação e aceleração de startups – qualidade, internacionalização e inovação.

Apesar da experiência acumulada pelas entidades, que hoje atuam em conjunto, dividindo o mesmo espaço físico e colaboradores, 2015 foi um ano difícil. Entretanto, as dificuldades foram enfrentadas com muito planejamento e trabalho. Por este motivo, mostrar que, apesar da situação, a resposta aos momentos menos favoráveis é a ação, Assespro-MG e Fumsoft se sentem no dever de demonstrar o que fizeram para superar as dificuldades impostas por um ano árido.

MGTI

É lembrar que o norte do trabalho das entidades atualmente é o MGTI, uma ação estratégica conjunta com o SINDINFOR e a Sucesu Minas. A Assespro-MG e a Fumsoft integram o programa que reúne esforços das organizações representativas do setor, governos e empresas, no objetivo comum de tornar Belo Horizonte a capital nacional de TI, e Minas Gerais uma referência global do setor, até 2022.

Assespro-MG

A Assespro-MG encerrou 2015 com uma forte atuação junto aos governos federal, estadual e municipal, e ainda junto ao Congresso Nacional e ao judiciário. Alterações na legislação do PAF-ECF, forte mobilização em conjunto com a ABES, a BRASSCOM, a FIESP e as demais Assespro regionais contra a reoneração da folha de pagamento e a favor da terceirização foram alguns dos temas debatidos no decorrer do ano. Os boletins da Assessoria Parlamentar, que acompanha as ações no legislativo federal, são outro importante serviço prestado, foram 23 edições deste informativo em 2015.

Através da Universidade Corporativa (UC), arranjo construído com a Fumsoft, no âmbito do MGTI, que trabalha para colocar no mesmo ecossistema, provedores de treinamentos voltados para a TI e empresas que necessitam destas capacitações, contribuímos com a capacitação de mais de 1.000 profissionais. Em 2015, os cursos começaram a ser transmitidos para outras regiões de Minas Gerais, através das UAITEC, via web.

Pela primeira vez na história da Assespro-MG, foram realizadas auditorias nas contas de 2013 e 2014, aumentando a transparência financeira e contábil da entidade. O trabalho teve parecer favorável dos auditores. A atual diretoria quer transformar essa ação em rotina, garantindo o mais alto grau de governança na entidade.

Acelera MGTI

Em um esforço contínuo para que a TI mineira evolua, é ofertada às empresas nascentes de base tecnológica – incluindo-se empreendimentos de outros estados, como São Paulo, Santa Catarina e Goiás; e outros países como Índia, Estados Unidos e Holanda – a oportunidade de aprender a empreender suas ideias, transformando-as em negócios rentáveis, através do Programa de Empreendedorismo Incubação e Aceleração de Startups, o Acelera MGTI. 

Pelo programa Acelera MGTI já passaram cerca de 85 empresas, incubadas e aceleradas, que foram ou não graduadas, e incluindo-se as atualmente em incubação ou aceleração. Essas startups somam mais de R$100 milhões de faturamento anual, gerando valor superior a R$15 milhões em impostos; e criando mais de 300 empregos qualificados. Somam-se a esses números os 44 projetos, ideias validadas pela Célula PUC Minas em suas 11 edições. 

Entre os casos de sucesso registrados pelo programa, está compra do Moip Pagamentos, anunciada em fevereiro, pelo grupo alemão Wirecard, um negócio de R$ 165 milhões. O Moip, uma das principais empresas de sistemas de pagamento do Brasil, foi incubado entre 2007 e 2009 pela Fumsoft. A recente incorporação da startup One Cloud pela paulista Tivit, que aconteceu agora em abril, foi o primeiro case de saída de uma startup a trazer monetização para o Acelera MGTI.

Fumsoft

A Fumsoft apoia empresas na captação de recursos disponibilizados por editais da Fapemig e da Finep, investimentos aplicados em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento, P&D. São prestadas também consultorias que orientam a aplicação e gestão dos valores captados no projeto. Atualmente, contam-se cerca de 40 projetos dessa natureza.

O programa Primeira Empresa Inovadora, Prime, já viabilizou recursos de R$14 milhões, via Finep, aplicados em 118 projetos de empresas de base tecnológica, criando condições para que empresas com produtos, serviços ou processos inovadores se consolidem no mercado.

Outro trabalho desenvolvido pela Fumsoft são as ações de internacionalização, que já mobilizaram por volta de 615 empresas. Foram promovidas diversas ações de capacitação, além de consultorias e missões empresariais para apoiá-las na expansão global de seus negócios. Um exemplo foi a Conexão França, que em 2015 levou 12 empresas associadas a uma Missão Empresarial àquele país europeu.

Com apoio do Sebrae-MG, foram executados 750 projetos técnicos no segmento de TI, voltados para micro e pequenas empresas clientes do Sebrae. Estas ações movimentaram cerca de R$21 milhões. Hoje, a Fumsoft está na primeira posição como agente Sebraetec no estado.

Em sequência a uma ação iniciada em 2014, foi realizado em 2015 um follow up com 30 empresas que passaram pelo Programa de Empreendedorismo e Inovação, uma parceria com o Stanford Center for Professional Development, SCPD, da universidade californiana. Esta associação trouxe o primeiro programa de empreendedorismo da Universidade de Stanford realizado na América Latina.

Os programas de capacitação e networking com foco em mercado, vendas, jurídico, recursos humanos, processos, governança de dados e tecnologias inovadoras, voltados para a comunidade de TI, oferecem por volta de 60 novos conteúdos a cada ano através da Universidade Corporativa. Assespro e Fumsoft viabilizam estas ações através de parcerias, fazendo a ponte entre oferta e demanda por novas capacitações.

Qualificações e parcerias

Em 2015, foi alçando um total de 100 empresas certificadas no modelo de qualidade no desenvolvimento de softwares MPS-BR. Este número colocou a Fumsoft na segunda posição nacional em certificações, com reconhecimento da Softex por meio de um diploma de Honra ao Mérito. 

Como Instituição Científica e Tecnológica, ICT, a Fumsoft, administra recursos para atividades de pesquisa e desenvolvimento, P&D, na área de TI, via investimentos realizados por empresas que criem ou produzam bens e serviços de informática e automação, e se enquadrem nos benefícios fiscais da Lei de Informática. Assim, as entidades realizam importantes projetos de P&D, em parceria com empresas como Maxtrack, Engetron, Empresa 1 e MXT.

As parcerias estratégicas da Assespro-MG e Fumsoft envolvem um ecossistema diverso e rico, atuando com órgãos e entidades como Sebrae Minas, Softex – Apex Brasil (MCTI), EuraTechnologies (França), Fundação Dom Cabral, PUC Minas, Universidade de Stanford, PUC Minas, Cotemig, e outras mais.

Falam os presidentes

Sobre o ano de 2015, o presidente da Assespro-MG, Marcello Ladeira, comenta que, “a situação atual tem afetado todos os negócios do país e as entidades não estão imunes. Apesar de todas as dificuldades, das surpresas do dia a dia e da vontade de fazer mais, é ótimo poder olhar para trás e perceber que apesar de tudo, o trabalho tem produzido resultados. Este relatório, que consolida boa parte do que foi feito, materializa o esforço de uma equipe de colaboradores apaixonada e com foco na melhoria do setor em Minas Gerais”.

Falando a respeito de doze meses de muito trabalho e reflexões, o presidente da Fumsoft, Leonardo Fares, acredita que “os sucessos obtidos decorrem, em grande parte, da forte articulação das entidades representativas do setor, e de diversos atores governamentais e institucionais relevantes, em torno do Programa MGTI 2022, que aponta e trilha os caminhos que vão colocar Minas Gerais em posição de liderança nacional no setor de TI”.

O ano em detalhes

Todo o planejamento e realizações da Assespro-MG e Fumsoft executados em 2015 não caberiam neste texto. Conheça em detalhes tudo o que aconteceu no último ano no Relatório Anual disponível neste link.